Navadwipa Dhama

[Durante o período do parikrama, diariamente atualizaremos essa seção com as descrições de cada um dos locais de peregrinação. Para lê-las, acesse o menu da seguinte forma: Peregrinações > Navadwipa Dhama > Sri Antardwipa etc.]

Sri Navadwipa Dhama Parikrama de 2018
De
24 de fevereiro a 2 de março
Sri Sri Kesavaji Gaudiya Matha
Navadwipa, West Bengal

Srila Gurudeva convida a todos

Srila Bhaktivedanta Narayana Maharaja
Srila Bhaktivedanta Narayana Maharaja

Em Govardhana, no final do Sri Vraja-mandala Parikrama de 2010, Sri Srimad Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja pessoalmente convidou todos nós a comparecer pelo resto de nossas vidas ao Sri Navadwipa-mandala Parikrama na terra santa de Sri Navadwipa-dhama. Portanto, em seu nome, humildemente convidamos todos vocês a comparecerem ao Sri Navadwipa-dhama Parikrama de 2018. O festival terá início em 24 de fevereiro, com os devotos observando um sankalpa (voto), a fim de assegurar o êxito do seu parikrama, e terminará em 2 de março.

Em 25 de fevereiro, começaremos nosso parikrama de cinco dias, uma peregrinação por cada uma das nove ilhas incomparavelmente belas de Navadwipa. Durante este período, ouviremos, cantaremos e lembraremos os maravilhosos passatempos de Sri Sri Gaura-Nityananda e Seus eternos associados, e reverencialmente tocaremos nossas cabeças no pó dos inúmeros locais sagrados que mudarão nossas vidas e reforçarão nosso compromisso com o caminho de bhakti. Nossa peregrinação será concluída em 1 de março.

Em 2 de março, comemoraremos o divino aparecimento de Sri Chaitanya Mahaprabhu. Muitos devotos honram o aparecimento de Mahaprabhu tomando banho no Ganga pela manhã. Gurudeva sempre encorajava o jejum neste dia. À noite, no crepúsculo, haverá um glorioso abhishek da deidade de Mahaprabhu, acompanhado por um kirtana que é sempre extraordinariamente doce. Por fim, será servida Ekadasi maha-prasadam.

Samadhi de Srila Gurudeva

Sri Navadwipa-dhama não é diferente de Sri Nityananda prabhu, que é akhanda-guru-tattva (o princípio indivisível de sri guru) e a morada de nitya-ananda (eterna bem-aventurança). Sem a misericórdia de Nityananda Prabhu, não é possível alcançar o serviço Sri Sri Radha e Krishna. Portanto, ao visitarmos o samadhi de Srila Gurudeva, automaticamente nos aproximamos de todo o guru-parampara.

É devido a misericórdia especial de Srila Gurudeva que temos o darsana de seu samadhi em Sri Navadwipa dhama, um local repleto de misericórdia magnânima e que anula as ofensas.

Nityananda Prabhu, Vasudha (à esquerda) Jahnava-devi (à direita), em Srivas Angan, Navadwipa
Nityananda Prabhu, Vasudha (à esquerda) Jahnava-devi (à direita), em Srivas Angan, Navadwipa

No prefácio do livro “Sri Navadwipa dham Mahatmya”, Srila Gurudeva explica, “Sri Gaura e Sri Krishna compõem um princípio espiritual idêntico princípio (tattva); não há diferença alguma entre eles. Sri Krishna, a personificação da doçura (madhurya vigraha), não é outro senão o próprio Sri Gaurasundara, que é a personificação da generosidade (audarya-vigraha), e vice-versa. A morada de Sri Krishna, Sri Vrindavana, é idêntica em todos os aspectos à morada de Sri Gaura, Sri Navadwipa, que na verdade é chamada de Gupta Vrindavana, a Vrindavana oculta. Desta forma, ambos os princípios divinos (tattvas) e moradas sagradas (dhamas) são eternos e não são afetados por considerações mundanas, tais como tempo, lugar e circunstância.”

“Krsna-nama kare aparadhera vicara [Sri Caitanya-caritamrta, Adi-lila 8.24]. Mesmo que alguém cante o nome de Krishna, se esta pessoa cometer ofensas, ela não será capaz de alcançar o amor por Krishna (krsna-prema) mesmo em milhões e milhões de vidas. No entanto, gaura-nityanandera nahi e saba vicara, nama laile prema dena, bahe asrudhara, Sri Gaura e Sri Nityananda não consideram nenhuma ofensa. Quando alguém canta Seus nomes, prema desperta no coração e torrentes de lágrimas começam a fluir dos olhos. Tal como o próprio Sri Gaurahari, Sua morada é extremamente liberal e a mais magnânima.

“Sem adoração e sem alcançar a misericórdia de Sri Gaurahari e Sua morada, Sri Navadwipa, é impossível ter o darsana (visão) e a misericórdia de Sri Vrindavana. O dhama de Sri Krishna, Vrindavana e o dhama de Sri Gaura, Navadwipa, não são diferentes. Tanto que o perímetro de Sri Navadwipa dhama estende-se por dezesseis kosas (aproximadamente 32 milhas), assim como o perímetro de Sri Vrindavana. Todos os locais de Sri Vrindavana, tais como Sri Yamuna, Sri Govardhana, Sri Rasasthali, Sri Radha-kunda, Sri Syama-kunda e várias florestas, também existem eternamente em uma forma oculta em Sri Navadwipa-dhama. Sri Gaurasundara atua eternamente nesta morada. Os seres vivos afortunados podem experimentar os passatempos eternos de Sriman Mahaprabhu realizando nama-sankirtana sob a orientação de Seus devotos puros.”

Srila Bhaktivinoda Thakura
Srila Bhaktivinoda Thakura

E em “Sri Navadwipa-dhama”, Srila Gurudeva escreve, “Por fim, Sri Navadwipa dhama é tão supremamente magnânima quanto o próprio Sri Gaurasundara. Navadwipa dhama é composta por nove ilhas [nava significa “nove” e dwipa significa “ilha”], ou seja, Antardwipa, Simantadwipa, Godrumadwipa, Madhyadwipa, Koladwipa, Ritudwipa, Jahnudwipa, Modadrumadwipa e Rudradwipa. Além disso, Sri Navadwipa dhama é a morada dos nove tipos de serviço devocional, tal como explicado a seguir:

“Sri Antardvipa – rendição completa ao Senhor; Sri Simantadvipa – audição; Sri Godrumadvipa – canto; Sri Madhyadvipa – lembrança; Sri Koladvipa – serviço aos pés de lótus do Senhor; Sri Ritudvipa – adoração (arcana); Sri Jahnudvipa – orações; Sri Modadrumadvipa – engajar-se como um servo e Rudradvipa – servir como um amigo.”

Srila Bhaktivinoda Thakura, um dos mais importantes Acharyas de nossa Sampradaya, escreve em seu livro “Navadvipa-dhama-mahatmya”:

O resultado de permanecer apenas um dia em Navadwipa –

sarva-tirthe vasa kari ‘jei phala päi navadvipe labhi tähä ekadine bhäi

“Ó irmão, o mesmo resultado obtido por residir durante muitos dias em qualquer um dos outros locais sagrados será obtido ao residir por apenas um dia em Sri Navadwipa.”

Portanto, todos estão convidados a participar do parikrama de Sri Navadwipa dhama em 2018.

Agenda do parikrama

Sábado, 24 de fevereiro de 2018

Sri Chaitanya Mahaprabhu e Nityananda Prabhu
Sri Chaitanya Mahaprabhu e Nityananda Prabhu
  • Sankalpa (votos) no Ganges.

Domingo, 25 de fevereiro de 2018

  • Sri Antardwipa: Sri Caitanya Gaudiya Math, Sri Gaura Janmasthan (local de nascimento de Sri Caitanya Mahaprabhu) em Sridhama Mayapura, Srivasa Angan, Sri Advaita Bhavan, Sri Gadadhara Angana, Sri Chaitanya Matha (Sri Candrasekhar Bhavan), Samadhi Mandir de Jagad-guru Srila Saraswati Saraswati Prabhupada, Samadhi Mandir de Srila Gaur Kishora Das Babaji e Samadhi de Chand Kazi.

Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

  • Locais de visitação: Sri Devananda Gaudiya Math. Sri Simantadwipa: Simulia. Sri Rudradwipa: Praudhamaya, bhajan kutir e samadhi mandir de Sri Jagannath Das babaji Maharaja e Nidaya Ghat.

Terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Sri Dhameswar Mahaprabhu, deidade adorada por Visnupriya após Chaitanya Mahaprabhu receber sannyasa
Sri Dhameswar Mahaprabhu, deidade adorada por Visnupriya após Chaitanya Mahaprabhu receber sannyasa
  • Sri Godrumadwipa: Swarupaganja, Surabhi-Kunja, Svananda-Sukhada-Kunja, Suvarna-Vihara, Harihara-Ksetra, Sri Narasimha Palli. No caminho de volta: Sri Madhyadwipa: Vamanpada e Hamshavahan

Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

  • Sri Koladwipa: Samudragadha, Campahatti. Ratupura (Radha Kunda), Kowala.

Quinta-feira, 1 de março de 2018

  • Sri Jahnudwipa : Jannagara (local de Jahnu muni) Sri Modrumadwipa : Mamagachi (local de nascimento de Sri Vrindavana dasa Thakura), Sri Ritudwipa: Vidhyanagar (local de nascimento de Sarvabhauma Bhattacarya). Matapura (Panca-Pandav-agyatvasa).

Sexta-feira, 2 de março de 2018

  • Jejum para o Sri Gaura-Purnima – Dia do aparecimento de Sri Caitanya Mahaprabhu. Maha-abhishek no festival noturno e kirtana.

Sábado, 3 de março de 2018

  • Festival de Sri Jagannath Mishra e Sacimata
  • Partida
    Término do Sri Navadwipa Dhama Parikrama de 2018

Fonte: Pure Bhakti
Tradução: Madhukari Radhika Devi Dasi