Sri Krsnadas Kaviraja Goswami

[Em 2017,  o desaparecimento de Sri Krsnadas Kaviraja Goswami é relembrado em 02 de outubro.]

Krishnadasa-Kaviraja-Goswami-6
Sri Krsnadasa Kaviraja Goswami

Sri Krsnadasa Kaviraja Goswami nasceu em uma família Nadiya de médicos no vilarejo de Jhamatpur, no distrito de Barddhaman, próxima a Naihati. Seu pais se chamavam Sri Bhagiratha e Sri Sunanda, e seu irmão mais novo Syama das. A deidade de Goura-Nityananda instalada por Sri Kaviraja Goswami ainda é adorada nesse local. Aparentemente, sua linhagem familiar chegou ao fim. Mais informações sobre o início de sua vida podem ser encontradas em um livro chamado Ananda-ratnavali.

No quinto capítulo do volume Adi-lila do Caitanya-caritamrta, Sri Kaviraja relata o motivo de ter deixado a vida familiar:

“Nityananda Prabhu tinha um servo chamado Sri Minaketana Ramadasa, que era um reservatório de amor. Em minha casa havia sankirtana dia e noite e por isso ele foi convidado a nos visitar. Absorto em amor emocional, ele sentou-se em minha varanda, e todos os Vaisnavas curvaram-se aos seus pés. Às vezes, em um ambiente alegre de amor de Deus, ele subia nos ombros de alguém oferecendo suas reverências, e às vezes ele batia com sua flauta ou dava leves tapas nos outros. Quando alguém mirava os olhos de Minaketana Ramadasa, automaticamente vertia lágrimas de seus olhos, uma constante chuva de lágrimas fluía dos seus olhos. Às vezes, surgiam erupções de êxtase, como flores kadamba, em algumas partes do seu corpo, em outras, um membro do seu corpo ficava paralisado, enquanto outro tremia. Sempre que ele gritava em voz alta o nome de Nityananda, as pessoas ao redor eram tomadas por um grande espanto e maravilhamento.

“Certa vez, um respeitável brahmana chamado Sri Gunarnava Misra estava prestando serviços à Deidade. Minaketana estava sentando na varanda, e esse brahmana não lhe ofereceu reverências. Ao presenciar tal cena, Sri Ramadasa ficou furioso e falou, “Acabo de encontrar o segundo Romaharsana-suta, que não se levantou para honrar o Senhor Balarama quando o viu.”

Krishnadasa-Kaviraja-Goswami-9
Local onde Sri Krsnadas Kaviraja Goswami escreveu o Sri Caitanya-caritamrta

“Após dizer isso, ele dançou e cantou do fundo do seu coração, mas o brahmana não ficou irado, pois ele estava ali servindo o Senhor Krishna. No final do festival, Minaketana Ramadasa partiu, oferecendo suas reverências a todos. Naquela época, ele tinha uma relação controversa com meu irmão. Meu irmão tinha uma fé firme no Senhor Chaitanya, mas apenas um lampejo ofuscante de fé no Senhor Nityananda. Sabendo disso, Sri Ramadasa sentia-se infeliz em sua mente. Então, repreendi meu irmão. Eu lhe disse, “Estes dois irmãos, são como um só corpo. Eles são manifestações idênticas. Se você não acreditar no Senhor Nityananda, você cairá. Se você tem fé em um, mas desrespeita o outro, sua lógica é como a de aceitar metade de uma galinha. Seria melhor ser um ateu menosprezando ambos os irmãos a um hipócrita que acredita apenas em um, e menospreza o outro.

“Irado, Sri Ramadasa quebrou sua flauta e foi embora, e naquela época, meu irmão caiu.”

Naquela noite, por Ele estar satisfeito com o castigo que Krishna havia dado ao seu irmão por ofender Seu querido devoto Minaketana Ramadasa, o Senhor Nityananda apareceu em seus sonhos e disse:

Are are krsnadasa, na karaha bhaya, vrndavana yaha, tanha sarva larya haya

“Ó meu querido Krsnadasa, não tenha medo. Vá para Vrndavana, pois lá você alcançará absolutamente tudo.
[C.C. Adi 5.195]

Após receber a misericórdia do Senhor Nityananda em seu sonho, ele partiu alegremente para Vrindavana. Os pés de lótus do mestre espiritual de Sri Kaviraja não são outros senão os do próprio Senhor Nityananda. Ele aceitou os Goswamis Sri Rupa, Sri Sanatana, Sri Jiva, Sri Raghunatha, Sri Raghunatha Bhatta e Sri Gopala Bhatta como seus mestres espirituais. Ele pediu permissão a Sri Lokanatha Goswami e Sri Raghunatha Bhatta Goswami para escrever o Sri Caitanya-caritamrta. Lokanatha Goswami pediu a Sri Kaviraja que não fosse mencionado em seu livro, por isso que dificilmente é encontrada alguma referência a ele no Sri Caitanya-caritamrta.

Sri Krsnadasa Kaviraja Goswami compilou os seguintes livros ainda existentes: Sri Govinda-lilamrta, comentário Krsna-karnamrta (Saranga-rangada kangada tika) e logicamente, o Sri Caitanya-caritamrta.

Nascimento: 1496 (d.C)
Desaparecimento: 12º dia do mês da quinzena luminosa de Avin (o ano é desconhecido).

* Para saber mais sobre Sri Krsnadas Kaviraja Goswami e Sri Minaketana Ramadasa, clique aqui

Tradução: Madhukari Radhika Devi Dasi
Fonte: Pure Bhakti