Sri Madhvacarya

[Em 2017,  o aparecimento de Sri Madhvacarya, o fundador da filosofia Dvaita, é comemorado em 30 de setembro. Ele é um dos quatro vaishnava sampradaya acharyas. Para honrar esse dia auspicioso, apresentamos uma seleção de citações em glorificação a Sri Madhvacarya Muni.]

Sri Madhavacarya 4
Sri Madhava Muni

Madhvacarya

– Srila Narayana Maharaja: “Madhvacarya foi um discípulo direto de Vyasadeva. Cerca de 4000 mil anos haviam se passado até a época do aparecimento de Madhvacarya. No entanto, ele sabia que Vyasadeva estava vivo e que ele é eterno. Então, orou para ele em tom de súplica em Badrikasrama, dizendo-lhe, “Eu desejo ter o seu darsana e ser iniciado por você.” Durante sua oração, Vyasadeva surgiu pessoalmente, e Madhvacarya apresentou-lhe seu desejo de ser iniciado. E depois disso, Vyasa desapareceu.”

– Srila Prabhupada: “Srila Madhvacarya é o acharya original daqueles que pertencem à Madhava-Gaudiya-sampradaya.” (Srimad Bhagavatam, comentário do 6.1.40)

“A Madhava-Gaudiya-sampradaya também é conhecida como Brahma-sampradaya porque a sua sucessão discipular começou originalmente com Brahma. Brahma instruiu o sábio Narada, Narada instruiu Vyasadeva, e Vyasadeva instruiu Madhava Muni, ou Madhvacarya.” (Introdução do “Livro de Krishna”).

– Srila Narayana Maharaja: “Após Ramanuja, veio Madhvacarya. Ele estabeleceu uma certa parte dos Vedas, e sua filosofia é chamada de visuddhadvaita ou dvaitadvaitavada. Há cinco diferenças nesta compreensão filosófica. Você deve explicar essas cinco diferenças.

[Aranya Maharaja:] Madhvacarya estabeleceu a filosofia de que há uma diferença entre brahma e maya, jiva e maya, jiva e jiva, e que entre diferentes manifestações de maya também há diferenças. Esses cinco tipos de diferenças são chamados de dvaitavada.

[Srila Narayana Maharaja:] Sua prática era bhakti e sua meta e objetivo eram o serviço ao Senhor Supremo na forma de Vasudeva. Qual Vasudeva? Aquele que segura uma haste de agitação em Suas mãos. Essa forma também foi aceita por Sri Chaitanya Mahaprabhu.”

* Para saber mais sobre Sri Ramanujacaya, clique aqui

Tradução: Madhukari Radhika devi dasi
Fonte: Pure Bhakti